Hack e um atalho para validar e-mails gratuitamente

Você gosta de explorar tecnologias e fazer as coisas por conta própria? Esse método pode te ajudar a validar alguns e-mails sem gastar 1 centavo! Acompanhe nesse passo a passo como aplicá-lo!


Você já ouviu falar de Telnet? E se eu te falar que já é algo que faz parte das funcionalidades do seu computador? Pois é, Telnet é um protocolo de rede e com ele você consegue fazer testes de comunicação com outros servidores, esse método é totalmente legal e ilimitado, um ponto importante é que algumas empresas bloqueiam esse tipo de verificação, ou seja, não funciona em 100% dos casos e você precisa utilizar outros métodos de verificação caso queira ter sucesso em toda sua lista de dados de e-mail.

O grande diferencial desse método é que ele é fácil de aprender, muito funcional e ilimitado! Então vamos lá, o objetivo hoje é te mostrar como identificar emails válidos ou não dentro de uma empresa.

Passo 1: Habilitar o Telnet no seu computador (Windows)

Se você tem um Mac use o seguinte passo a passo: Telnet no Mac

Acesse Painel de controle e clique na opção.

Em programas selecione a opção “Ativar ou desativar recursos do Windows”

Procure e ative a função “Telnet Client” e pronto, está ativado!

Passo 2: Abra o Prompt de Comando

Na barra iniciar procure por “CMD” e abra o Prompt de Comando

Passo 3: Identificar o registro MX da empresa a ser pesquisada

No Prompt de comando escreva nslookup -q=mx DOMÍNIO A SER PESQUISADO e pressione “enter”

Copie o registro MX apresentado

Passo 4: Utilizar a função Telnet e verificar o email

IMPORTANTE: A partir daqui, qualquer erro de digitação (mesmo se apagado) irá invalidar o comando, você precisa enviar o errado e começar a linha novamente.

No prompt de comando escreva “telnet” e depois dê o comando digitando “o”.

O comando “o” abre a conexão, agora você deve colar o registro MX que conseguiu e a porta 25

então o comando segue o modelo: <espaço><25> e como demonstrado a seguir e pressione “enter”

Com isso a comunicação está estabelecida, a partir de agora vamos fazer o teste.

Lista de comandos:

1- “helo hi” e pressione “enter”
2- “mail from”: seuemail@dominio.com e pressione “enter” (ps: aqui você pode usar qualquer e-mail)
3- “rcpt to”: emaildocliente@dominio.com e pressione “enter”.

No caso o e-mail testando (fabio.mansur@bringdata.co) não existe, por isso a resposta foi exatamente essa:

Quando o e-mail estiver correto a mensagem será um ok, como a seguir:

E pronto! Você já pode visualizar quais são e-mais verificados ou não! Isso é útil para quem lida com base de dados, precisa falar com algum contato específico e especialmente para equipe comerciais!

Desvantagens

Como citamos, esse método não funciona para todas empresas, algumas estabeleceram regras de segurança e bloqueios, sendo assim, você receberá o resultado como esse:

550 5.7.606 Access denied, banned sending IP [***.*.***.**]. To request removal from this list please visit https://sender.office.com/ and follow the directions. For more information please go to  https://go.microsoft.com/fwlink/***** …

Alguns servidores podem bloquear o IP para novas tentativas temporariamente, por isso é válido registrar quais geraram o bloqueio para evitar que ocorra novamente.

Esse é um método que parece complicado, mas depois que você acostuma rapidamente se tornará uma ferramenta do seu dia a dia, é importante levar em conta que existem outros métodos para verificação de e-mail, inclusive, você pode automatizar todo esse processo junto a outros métodos de tratamento de dados utilizando a BringData.co!

Posts relacionados que você deveria conhecer:

Dica 1 – 7 dicas para coletar dados melhor e conhecer seu cliente

Dica 2 – Cultura de dados: o caminho para a confiabilidade na sua empresa

Dica 3 – Você sabe o que fazer com os dados depois de organizados e validados?

A BringData

A BringData é uma plataforma de tratamento de dados em tempo real que te ajuda a validar e organizar os dados da sua empresa.

Crie sua conta gratuita e receba 100 créditos gratuitos!

Share

Fábio é CEO da BringData, empresa especializada em tratamento de dados de clientes, foi Diretor Comercial da Track.co, é administrador e especialista em gestão da experiência de clientes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.